Filtrar
Foi encontrado 1 produto
Filtrar Remover filtros
ESTILO
  1. Design Assinado
  2. Industrial
  3. Móveis Minimalistas
  4. Móveis Modernos
AMBIENTE
  1. Quarto
  2. Sala De Estar
  3. Escritório
  4. Home Office
Preço
  • Poltrona Coração Base em Alumínio Studio Mais Design by Verner Panton

    De: R$5.024,80

    Special Price R$4.317,10

    Ou 10x de R$431,71 no cartão
    ou
    R$4.014,90
    7% de desconto em 1x
    ou
    R$4.014,90
    7% de desconto no PIX

Verner Panton

Verner Panton foi um designer dinamarquês nascido em 1926. Nos primeiros anos de sua carreira, entre 1950 e 1952, trabalhou no escritório de arquitetura de Arne Jacobsen.

Já no ano de 1955, Verner Panton escolheu abrir o seu próprio escritório de design, onde criou os projetos das famosas casas desmontáveis, a “Casa de papelão” e a “Casa plástico”, em 1960. Ao montar o seu escritório, Verner Panton buscou exclusivamente as inovações em cores e materiais.

Entretanto, apropriou-se da técnica de utilização do contraplacado de madeira moldada, técnica aprendida com seu tutor Arne Jacobsen.

Foi nessa época que o designer Verner Panton ousou e criou uma peça feita exclusivamente com este método e em uma única etapa, a famosa Cadeira “S”.

Essa criação foi mais um expoente do seu país nas áreas de arquitetura e design, com uma proposta futurista cheia de cores vibrantes e formas geométricas que até então eram impensáveis para a criação de cadeiras e poltronas, a sua notoriedade seguiu até a segunda década do século XXI. 

As cadeiraspoltronassofás entre outros, são versáteis leves e confortáveis.  Além disso, mudam de papel conforme a necessidade do seu ambiente. Dessa forma, podem ser usados até onde a sua imaginação alcançar. No Atelier Clássico você encontra várias peças assinadas por designers famosos.

Vida e obra de Verner Panton

Verner Panton (1926 – 1998) foi um dos mais importantes e inovadores designer da segunda metade do século XX e tornou-se “expert” em atribuir um tom lúdico a peças nascidas na “era pré-tecnológica”.

Verner nasceu na cidade de Gamtofte na Dinamarca, frequentou a Escola Técnica de Odense. Seu design apresentou um assumido interesse no que é novo. Verner Panton trabalhou com plástico, poliuretano, espuma, sempre em cores vibrantes.

Sua intenção era quebrar a rigidez do ferro e dar “humor às formas das coisas”. Influenciado pelo design italiano e norte-americano, ele criou peças como a cadeira “Cone” (1958), semelhante a uma casquinha de sorvete, que desafia a lei da gravidade. 

O designer Verner Panton ficou conhecido por inovar totalmente a arquitetura moderna ao criar móveis diferenciados e com design futurista. Sua ideia era utilizar cores vibrantes, que chamassem a atenção ao despertam a alegria em quem observava suas obras.

Panton era graduado em arquitetura pela Academy of Art de Copenhagen, ele era tido como um garoto problema e, mesmo após trabalhar com Arne Jacobsen, encontrou obstáculos em seu caminho tão sinuosos quanto suas obras em um estúdio próprio. 

A cadeira Panton (1960) foi uma prova de que o designer dinamarquês estava além do seu tempo, contribuindo com seu instinto criativo para a Pop Art. Verner Panton foi capaz de inovar e trouxe ao design de interiores uma nova tendência a cultura pop despojada. 

As cores vivas que utilizava tinham o intuito de quebrar o tabu do que era diferente. Para ele “ a maioria das pessoas passa suas vidas vivendo nas sombras, numa conformidade bege, mortalmente com medo de usar cores.” 

O principal objetivo de seu trabalho era provocar as pessoas para usar sua imaginação, ao sair de sua zona de conforto e realizar coisas com suas ideias mais emocionantes. 

As suas influências são nítidas do movimento artístico Pop Art, em uma alusão despojada a criação de seus projetos, como se o revolucionário artístico atingisse, inclusive as camadas mais sóbrias do design de mobiliário. 

A prova disso tudo foi o sucesso estrondoso de sua cadeira Panton, principal assinatura do artista e que, quando lançada, na década de 1960 gerou espanto, surpresa e encanto, pela sinuosidade de seu projeto, moldada em uma peça de plástico, apenas, tanto na composição da forma quanto do material utilizado.

Futurismo atemporal nas peças de Verner Panton 

Após ter feito o seu nome como um visionário projetista, Verner Panton conseguiu abrir as portas para experimentar. Ele desenvolveu o primeiro mobiliário inflável, feito a partir de plástico transparente. No decorrer de sua carreira, Verner Panton trabalhou com alguns mais conhecidos e conceituados fabricantes da época: Fritz Hansen, Louis Poulsen e Vitra. 

Assim, tornou-se referência devido à sua extravagância e também pelo uso abusivo de cores fortes. Visionário, criativos, ousados e provocadores são alguns dos termos que têm sido usados para descrever seus projeto ao longo dos anos. O designer Verner Panton criou mobiliário e interiores verdadeiramente inovadores e futuristas, sempre utilizando novas tecnologias e materiais. 

Além da famosa cadeira, que acabou por levar o seu sobrenome, Verner Panton trouxe mais formas de inovar e sofisticar a decoração com projetos distintos, como uma versão da sua própria cadeira, mas em dois níveis, luminárias coloridas e poltronas moldadas em outras formas conhecidas como um coração, ou no formato de cone, por exemplo. 

As características evidentes e as cores expressivas, bem como as formas pouco convencionais, foram o suficiente para tornar as cadeiras Panton atemporal, ou seja, independentemente da época, elas parecem estar um passo à frente, mas ainda adaptável ao período, decorando e complementando o ambiente no qual estiverem inseridas. 

Sua coleção e o legado de sua obra

Verner Panton deixou um extenso legado, no qual a sua identidade ficou marcado por seu humor e sinuosidade na formação das peças e, principalmente, no descontentamento pelo banal e comum na decoração. 

Além da cadeira Panton, Verner Panton foi tido como o pioneiro na criação de um inflável, bem como o precursor de outras peças que desafiavam a lógica e, por consequência, a gravidade, em alguns casos.

Aplicações da obra de Verner Panton no lar

As peças em plástico moldado, lisas e coloridas se encaixam com disposição descontraída em ambientes internos e externos. Assim, podem fazer justiça ao conforto em jardins e quintais, bem como trazem sofisticação e requinte aos ambientes internos.  

A beleza das peças de Verner Panton está na completa identificação com a sua decoração, parecendo se adaptar a tudo, inclusive ao estilo que você pode moldar, com eficácia e elegância. 

Com base em seu conhecimento, ao longo de sua vida Verner Panton projetou espaços residenciais inovadores, fundindo pisos, paredes, móveis, iluminação e tecidos em interiores totalmente originais e integrados. 

Todas essas criações foram marcadas por formas geométricas características cores intensas de Verner Panton, que estavam na vanguarda das emergentes sensibilidades psicodélicas, assim suas obras triplicaram e selaram seu legado. 

Quer ficar por dentro de todas as nossas novidades? Então, assine a nossa newsletter e receba tudo de bandeja no seu e-mail. 

 

 

Índice
Baixe o APP grátis!
Não vai ocupar espaço no seu telefone.