Filtrar
Foram encontrados 3 produtos
Filtrar Remover filtros
ESTILO
  1. Clássico
  2. Luis XV
AMBIENTE
  1. Quarto
  2. Sala De Estar
  3. Sala De Jantar
  4. Escritório
Preço
  • Banqueta Luis XVI Varias Medidas com Pinturas e Tecidos Personalizados

    De: R$5.628,00

    Special Price R$3.896,40

    Ou 10x de R$389,64 no cartão
    ou
    R$3.623,65
    no boleto à vista
    A partir de: R$3.346,40
  • Poltrona Luis XVI Entalhada em Madeira com Pinturas e Tecidos Personalizados

    De: R$4.548,00

    Special Price R$3.512,40

    Ou 10x de R$351,24 no cartão
    ou
    R$3.266,53
    no boleto à vista
    A partir de: R$2.912,40
  • Cadeira Luis XVI Entalhada em Madeira com Pinturas e Tecidos Personalizáveis

    De: R$2.028,00

    Special Price R$1.556,40

    Ou 10x de R$155,64 no cartão
    ou
    R$1.447,45
    no boleto à vista
    A partir de: R$1.466,40

Móveis Estilo Luís XVI e tendências 

Você já deve ter visto alguma das pelas de móveis estilo Luís XVI. Quer saber mais sobre a história e características dessas peças. O Atelier Clássico te conta tudo .

Os móveis Estilo Luís XVI surgiram durante o reinado do rei Louis-Auguste (1774-1793), por isso o nome. Era comum que reinados novos na França tivessem uma marca de decoração distinta. O estilo agregava alguns do barroco como o foco em linhas retas, mas incluía motivos inspirados na era clássica. 

Você já deve ter vistos os móveis estilo Luís XVI, mas é comum que haja alguma confusão entre os móveis do período com as peças dos dois reis anteriores (ambos chamados Luís), mas existem importantes traços distintivos entre esses estilos. 

Além disso, entre os estilos de design desses reinados, são nos móveis estilo Luís XVI que encontramos uma maior aderência ao dia-a-dia atual. Embora esse período tenha durado apenas 30 anos, as características de Luís XVI continuaram no período do Império no início do século XIX e perduram até hoje. Esse é um dos estilos mais notáveis ​​e que continuam, até hoje, servindo de inspiração para a produção de móveis e para o design de interiores. 

Móveis estilo Luís XVI Atelier Clássico 

Pensando em trazer um pouco dos móveis estilo Luís XVI para a decoração da sua casa? O Atelier Clássico tem a peça certa para os mais diversos ambientes. Confira nossa seleção e aproveite.

Na sala de estar é o ambiente em que mais predomina a decoração com móveis estilo Luís XVI. Seja om sofás luxuosos ou uma bela mesa de centro com detalhes em marchetaria. 

Uma peça versátil é o banco estofado com capitonê, estilo recamier, pode estar presente, tanto na decoração da sala de estar como no quarto do casal, da mesma forma, poltronas encantadoras e cadeiras de madeira entalhada.

Um pouco da história dos móveis estilo Luís XVI 

O estilo Luís XVI refere-se à produção de artes visuais na França durante o reinado de Luís XVI. Esse período é um momento de transição, já que envolve uma última fase do rococó e uma primeira fase do neoclassicismo. Esse momento transitório também marca a produção de móveis estilo Luís XVI. 

As peças de design, arquitetura, pintura, escultura do período começam a abandonar o rococó e adotar o neoclassicismo, um estilo que se tornou realidade nos últimos anos da vida de Luís XV, principalmente como uma reação aos excessos do rococó. Esse período é conhecido por seguir princípios neoclássicos ingleses, que eram um estilo coincidente na época. Ambos pediram um retorno aos ideais e à estética da Antiguidade Clássica. 

Os móveis estilo Luís XVI também refletiam algo da visão romantizada que Jean-Jacques Rousseau tinha da natureza. Para Rousseau, apesar de selvagem, a natureza mantinha a ordem.  Os móveis dessa época refletem isso através de sua opulência moderada. 

Outro ponto que explica o crescimento do estilo neoclássico durante o reinado de Luís XVI é o fato de que sua esposa, a rainha Maria Antonieta, era uma forte defensora do estilo. A rainha frequentemente contratava artistas e artesãos com a tarefa de decorar e mobiliar seus inúmeros quartos no castelo de Versalhes. Essas peças são hoje parte da história dos móveis estilo Luís XVI. A demanda advinda da corte era tanta que a oficina de móveis real concentrava a produção da maioria dos móveis reais naquele momento. 

Conheça as características dos móveis estilo Luís XVI. 

Ao contrário do estilo dos móveis rococó e do design relacionados aos dois reis nomeados Luiz anteriores, os móveis estilo Luís XVI são mais conservadores. O que não significa dizer que sejam menos opulentos. O mogno, por exemplo, extremamente usado. Tanto quanto verniz como quanto um material de construção para as peças de mobília. 

As peças dos móveis estilo Luís XVI têm menos da marchetaria floral vista nos móveis do estilo barroco ou rococó, mas não faltam superfícies douradas. Os enfeites folheados costumam enfatizar a madeira sólida, estão quase sempre cercados por suportes lineares de bronze dourado inspirados na antiguidade clássica. 

Nos móveis estilo Luís XIV as linhas verticais acentuam as linhas consecutivas, esses traços são pensados como uma forma de refletir o desejo de projetos mais arquitetônicos nos móveis. E embora esse seja um estilo bastante formal, houve espaço para a integração de formas orgânicas representativas da antiguidade clássica como fitas, folhas de carvalho e oliveira, flores entrelaçadas. Um novo estilo, as pontas de cone, também se tornou uma das adições frequentes às peças dos móveis do estilo Louis XVI. 

Esse estilo, que durou trinta anos, foi mudando com o tempo. Dessa forma, os móveis estilo Luís XVI, inicialmente, estavam centrados na decoração de espaços grandes e de forma grandiosa, algo muito próximo ao estilo de Luís XIV. No entanto, no final do reinado do rei, ocorreu uma mudança para os salões e espaços mais íntimos. Mais tarde, o estilo Luís XVI adotou traços mais atraentes, envolvendo criaturas mitológicas, como esfinges e grifos. Essa crescente preferência por elementos exóticos expandiu-se para incluir as formas chinesa, arabesca e etrusca. E refletiu-se na produção dos móveis estilo Luís XVI. 

Além disso, os móveis estilo Luís XVI tendiam a produção de peças especializadas. Exemplos incluem cadeiras leves para sentar em mesas de jogo, vestiários, bibliotecas e vestíbulos. 

Materiais usados nos móveis estilo Luís XIV 

O período de Louis XVI é considerado a idade de ouro da marcenaria. Mesas e armários encontraram espaço em muitas residências reais, incluindo o Palácio de Versalhes. Os artesãos empregavam incrustações de madeiras de alta qualidade, principalmente mogno, que depois eram finalizadas com bronze dourado e madrepérola. 

Nos móveis estilo Luís XIV, a madrepérola era popular por criar padrões como tabuleiro de xadrez, cubos ou desenhos ainda mais complicados. Muitos deles em formas geométricas.

A marchetaria, que era feita com materiais como madeira de cetim, madeira de rei ou pau-rosado, também seguia o amor pelas formas geométricas. 

Essa paixão pelas formas geométricas, por sinal, influenciou a criação de outro novo modelo nos móveis estilo Luís XIV: a cômoda de formato oval. Cabe ainda dizer as cômodas do estilo Luís XVI se diferenciam de outros estilos por causa de sua coesão decorativa. 

Outras inovações no desenho de móveis estilo Luís XIV envolvem o acréscimo de pequenas características mecânicas das peças, por exemplo, a mesa La Tronchin, possuía uma prateleira embutida para leitura que podia ser abaixada ou levantada. 

Além disso, as camas feitas na produção de móveis estilo Luís XIV são algumas das maiores já construídas, especialmente as criadas para os quartos cerimoniais reais. Uma balaustrada geralmente dividia a cama do resto do quarto. 

Nomes notáveis ​​no design de Louis XVI 

Havia vários artesãos dessa época cujas habilidades os tornavam mestres em seu ofício. Alguns dos nomes mais proeminentes são: Jean-Henri Riesener, Martin Carlin e Adam Weisweiler. 

Muitos consideram Reisener (1734-1806) como o fabricante de móveis mais excepcional do seu tempo. O rei concedeu-lhe patrocínio real em 1771 e trabalhou até 1784. O talento natural de Reisener para design e precisão produziu móveis incomumente indulgentes e luxuosos. 

Ele costumava usar materiais exóticos e luxuosos em sua marchetaria e ornamentação. Estes incluíam laca japonesa com montagens douradas, madrepérola e outras. 

Além disso, os menuisiers, ou aqueles que esculpiram cadeiras e mesas, também fizeram contribuições duradouras aos móveis estilo Luís XVI. O mais famoso foi Georges Jacob, cuja carreira durou quase cinco décadas. 

A Revolução Francesa e os Móveis estilo Luís XVI 

A Revolução Francesa causou caos e revolta para cidadãos de todas as classes. A burguesia, os aristocratas, os nobres e membros da realeza foram forçados a perder seus bens. Isso fez com que muitos dos móveis estilo Luís XVI se perdessem. 

Os itens salvos da destruição agora são preservados em museus e galerias em todo o mundo. A elegância e a beleza dessas peças únicas agora são admiradas em lugares como o Louvre, o Metropolitan Museum of Art e a Wallace Collection. 

Nas décadas após a revolução, os itens deste período da história ganharam intensa apreciação entre outros indivíduos e colecionadores ricos. De fato, a segunda metade dos anos 1800 viu um aumento nas réplicas encomendadas para coleções particulares. 

Como decorar com móveis estilo Luís XVI? 

Agora que você conhece a história e as características dos móveis estilo Luís XVI é hora de passarmos algumas dicas sobre como decorar com peças do movimento. 

Você pode decorar sua casa com móveis estilo Luís XIV.  As peças inspiradas nos traços do período, no entanto, precisam ser exibidas de uma certa maneira; caso contrário, sua casa corre o risco de parecer mais um museu do que um espaço de convivência. 

Sendo assim, é importante que você tenha uma aparência harmoniosa. Por esse motivo, é melhor manter seus móveis estilo Luís XVI concentrados em uma única área, em vez de espalhá-los. Essa é também uma ótima forma de dar destaque às peças.

Índice