Não há produtos que correspondam à seleção.

Tudo sobre as Poltronas Barcelona 

Se você acredita que para criar algo incrível e revolucionário no mundo da mobília é preciso ser formado em arquitetura está errado. Ludwig Mies van der Rohe é um arquiteto que não estudou arquitetura, mas se tornou um dos nomes mais importantes na área durante o século 20. Ele pode ser lembrado além de suas peças, na frase “menos é mais”, tão utilizada hoje em dia para criar ambientes maravilhosos.

Com essa simplicidade, Ludwig utilizou muito de linhas retas junto com formas geométricas para criar seu trabalho. Ele acreditava que as melhores coisas estavam nos detalhes, e foi em 1929 que criou uma de suas peças chefes: a poltrona barcelona. Uma peça estilosa e confortável, que faz parte das grandes decorações. Se você se interessou mais pela história de Ludwig Mies e sobre sua grande obra a poltrona barcelona, continue lendo. 

Mais sobre Ludwig Mies van der Rohe 

Ludwig é alemão, mas foi naturalizado americano. Ele nasceu em 1886, e é o responsável pela criação do Estilo Internacional, focado nas vertentes de organicismo e funcionalidade, relacionando-se bastante com a arquitetura moderna. Suas obras são plurais e versáteis, indo desde a arquitetura até no design de móveis, no qual ele alinha o pensamento modernista, com o minimalismo, funcionalidade e beleza. Com essa visão atemporal, ele conseguiu influenciar diversos grandes designers como Jonathan Wolf e William Massie, que buscavam trazer uma releitura dos traços de Van der Rohe na arte em geral. 

Sua primeira grande obra foi em 1929, quando foi selecionado para projetar o pavilhão alemão na Exposição Internacional de Barcelona. Foi ali que ele criou um enorme espaço para cadeiras e bancos, além de ter que ser adequado o suficiente para o rei e rainha da Espanha na época. Ali, que saiu sua grande criação, a poltrona Barcelona. Logo após foi convidado para lecionar na escola arquitetônica de Bahaus.

Em 1937 seguiu para os Estados Unidos, e ali se consolidou, dando uma maior prioridade na criação de fachadas de vidro e outras obras com estrutura metálica. Na área arquitetônica, seus grandes trabalhos foram a Casa Farnsworth, que parece flutuar em estacas, e o edifício Seagram em vidro e aço que marcou o Estilo Internacional em Nova York. Trouxe o estilo para as casas com bastante luz, utilização de espaços abertos, sem obstáculos em geral, muito uso de materiais como aço industrial e vidro temperado.

Além da simplicidade em tudo. Seu último trabalho foi arquitetônico, a Neue Nationalgalerie, em Berlim. Ela é considerada um dos projetos que mais mostra o estilo de Ludwig junto com os outros dois citados acima, possuindo uma estrutura na parte superior em aço com invólucro de vidro.

Dentro de seus trabalhos, arquitetônicos e designer, ficou bastante conhecido como o “Mestre do minimalismo”, com sua frase extremamente famosa “Deus está nos detalhes.” 

Tudo sobre as Poltronas Barcelona e como usá-las 

A poltrona barcelona foi criada para o Rei Alfonso XII e sua esposa Maria Cristina de Áustria, durante a Exposição Internacional de Barcelona no ano de 1929, juntamente com todo o local que seria a exposição. A versão original foi feita com parafusas e seu estofado vinha em couro na cor branca. Apesar de ter criado para os reis, eles nem chegaram a usá-lo, pois o pavilhão acabou sendo fechado por alguns meses, devido um período difícil e turbulento na Espanha.

Entretanto, o móvel já havia sido divulgado, e o sucesso chegou rapidamente. Entre 1930 e 1950, a poltrona passou a ser feita em larga escala, principalmente para a Espanha, Alemanha e Estados Unidos. Em 1953, Ludwig acabou passando o direto de suas peças para a maior empresa de mobiliário do mundo, a Knoll. Ela acabou fazendo alguns reajustes, especialmente na questão dos parafusos em que foram feitas originalmente. Passou a ser com estrutura de inox, sem emenda nenhuma feita por parafusos, e é a mais parecida com a que temos no dia de hoje. Também foi necessário deixá-la mais confortável, para se assemelhar às necessidades do público.

A poltrona barcelona tem uma boa impressão em qualquer ambiente, seja em uma residência ou até em ambientes corporativos. É um ótimo móvel para dar destaque a determinada área. Mesmo tendo sido criada há mais de 80 anos, sua beleza é atemporal, podendo ser dada como uma peça contemporânea. A descrição do móvel feita por Mies Van der Rohe é a seguinte: “ela deve abrir-se ao ocupante sob o peso de seu corpo, as costas deveriam inclinar-se e o assento afundar-se.”

Depois de seu grande destaque e sucesso mundial, foi lançada toda uma Coleção Barcelona, que conta além da poltrona, mas também pufes, mesa de centro, sofá lateral, bancos, chaises e cadeiras. A poltrona pode ser encontrada em duas versões, uma com um único assento, e outra com 2 assentos.

Em espaços como sala de estar, dá para utilizar a versão de dois lugares, para garantir um espaço maior para pessoas sentarem, adicionando também opções como os pufes ao redor do local. No quarto, a poltrona barcelona fica incrível para relaxar, em sua versão mais próxima ao original mesmo. Áreas comerciais e de escritório podem utilizá-las para trazer sofisticação nos halls de entrada. Por ser bastante versátil, ela combina com vários estilos, como o estilo moderno, internacional e até industrial que usa bastante dos materiais presentes na peça.

Poltronas Barcelona no Atelier Clássico

Se você ficou interessado nas lindas Poltronas Barcelona criados pelo arquiteto e designer Ludwig Mies van der Rohe, só há um lugar para você encontrá-las com um ótimo preço, que é no Atelier Clássico.

Aqui você pode ter opções para decorar sua casa no estilo que mais se adequa ao seu, trazendo modernidade e sofisticação ao ambiente. Tem opções diferentes de tecido como couro ecológico, couro natural legítimo, facto ou linho, que trazem diferentes texturas, além de várias cores diferentes para escolher. Vale a pena conferir!

 

 

 

Índice
Baixe o APP grátis!
Não vai ocupar espaço no seu telefone.