Filtrar
Foi encontrado 1 produto
Filtrar Remover filtros
ESTILO
  1. Clássico
  2. Design Assinado
  3. Industrial
  4. Marchetaria
  5. Móveis Minimalistas
  6. Móveis Modernos
  7. Provençal
  8. Retro
  9. Rustico
AMBIENTE
  1. Quarto
  2. Sala De Estar
  3. Escritório
  4. Home Office
Preço

Selecionados:

Selecionados:

  1. Rustico
  • Poltrona Asmin Jequitibá e Trançado Junco Natural Design by Studio Ozki

    De: R$3.430,00

    Special Price R$2.767,60

    Ou 10x de R$276,76 no cartão
    ou
    R$2.573,87
    no boleto à vista

Descubra tudo sobre a madeira MDP para seus móveis

A madeira é um dos materiais mais queridos quando falamos de decoração e revestimento de interiores.

Sua utilização, em grande escala, na confecção de móveis, começou a partir do século XVIII, com a revolução industrial, mas com a produção lenta e a matéria prima escassa, foi necessário adaptar a sua fabricação.

Foi aí que surgiram as madeiras de chapa reconstituída, que conhecemos popularmente como MDP.

No artigo de hoje, vamos explicar qual é a composição desse material, suas particularidades, algumas diferenças para o MDF e como fazer a melhor escolha certeira na hora de utilizá-lo em seus móveis. Nos acompanhe!

O que é e o que significa o MDP?

Além de ajudar na preservação do meio ambiente, esse material têm um custo mais acessível e uma variedade de cores e acabamentos.

A sigla MDP é de origem da língua inglesa e seu significado é Medium Density Particleboard, ou seja, traduzido para o português fica painel de partículas de baixa densidade.

Essa característica de baixa densidade é o que diferencia o MDP das outras madeiras, pois se trata de painéis formados por três camadas de partículas de madeira, uma grossa no miolo e duas finas na superfície.

Essas três camadas que formam o MDP, uma mais grossa no miolo e duas finas nas superfícies, tornam o material mais robusto e bem estruturado, pronto para receber maior carga de peso que outros tipos de madeira, apesar de ser mais leve.

O material é criado a partir de uma alta temperatura e pressão.

Outra forte característica do MDP é a sua alta resistência. Ele é utilizado na parte estrutural de móveis, como portas, gavetas, prateleiras, além de ser útil também para painéis de tv.

Muitas pessoas confundem o MDP com o compensado.

A verdade é que o MDP é uma evolução desse material, que foi o primeiro painel de madeira industrializado.

Apesar da sua fama ser negativa, existem vários tipos de compensado que podem atender perfeitamente às necessidades de móveis ou revestimentos de madeira.

Sobre suas principais características.

  1. Composição
    1. MDP: Placa feita a partir da prensa de partículas de madeira com resina, dividida em três camadas.
    2. MDF: Placa uniforme feita a partir da prensa de fibras de madeira com resina.
  2. Resistência
    1. MDP: Menor resistência ao atrito.
    2. MDF: Maior resistência ao atrito.
  3. Uso
    1. MDP: Estrutural. Melhor aproveitamento em móveis retilíneos.
    2. MDF: Mais maleável. Propício para design mais elaborados.
  4. Carga
    1. MDP: Suporta mais peso. Sua estrutura de três camadas é melhor para cargas mais elevadas.
    2. MDF: É um material mais pesado, porém não suporta uma grande carga.
  5. Economia
    1. MDP: Valor mais econômico.
    2. MDF: Mais caro se comparado ao MDP.
  6. Umidade
    1. MDP: Devido as três camadas, mais tempo para iniciar a expansão da madeira.
    2. MDF: Probabilidade de expandir mais rapidamente.

Já entendemos algumas principais características do MDP, mas agora apresentaremos outras mais.

Por conta da sua composição, o MDP é um material menos maleável, o que faz com que sua manipulação seja mais delicada já que o material estraga mais facilmente.

Por esse motivo ele costuma ser utilizado como estrutura na fabricação de móveis.

Devido às 3 camadas internas, tem uma maior resistência estrutural. Ele funciona melhor em superfícies planas, como portas, prateleiras, painéis, fundos de gaveta, entre outras.

Outra grande característica desse material é que seu uso – entre as madeiras – tem maior vantagem em ambientes abertos e úmidos.

Por ser composto de partículas de madeira e ser menos denso, o material tem espaço vazio entre as fibras, dessa forma, quando ele absorve a umidade essas partículas incham primeiro, o que faz com que a espessura do material demore a aumentar.

Vale destacar que existe alguns tipos de materiais em madeira que têm mais resistência à umidade, mas que apresentam o custo mais elevado.

Outro ponto a ser considerado é o peso que será colocado sobre o objeto. Os painéis de madeira MDP costumam suportar uma carga maior. Por isso eles são indicados para gavetas, prateleiras e painéis que precisam suportar itens mais pesados.

Outro fator que define melhor o MDP é em relação à pintura do material.

O MDP apresenta uma melhor absorção de tinta, o que é uma vantagem na hora de fazer um acabamento final diferenciado.

Sua superfície permite que o resultado fique mais homogêneo e sem irregularidades.

MDP e MDF são a mesma coisa? Quais as diferenças?

É muito comum as pessoas confundirem o MDP com o MDF e vice-versa.

O MDF é um material muito mais conhecido entre as pessoas leigas no assunto, por ter um manuseio mais fácil e ser, na maioria das vezes, mais comum nas confecções de móveis e outros tipos de materiais.

Pensando nas dúvidas sobre esses materiais, classificamos abaixo as principais características de cada material:

Além dessas, podemos citar ainda a formulação como uma das principais diferenças entre o MDF e o MDP, já que isso se torna um limitante em relação ao seu uso.

Essa característica também influencia na relação ao custo-benefício. Para uso em parte externa, madeira com menos poros, têm menos absorção e, consequentemente, menos custos com tintas. Para uso interno, em contra partida, o MDP é o mais rentável. Permite ótima colagem e o custo do material é bem menor.

Conclusão.

Já entendemos as principais características do MDP, sua composição e seus principais usos.

Além disso, vimos também a diferença entre o material MDP e o MDF. Estamos prontos para fazer a escolha certa na hora de confeccionar móveis para a nossa casa ou apartamento.

Lembre-se de fazer escolhas consciente e que mais será vantajoso para você.

Esperamos ter esclarecido, se não todas, mais a maioria das suas dúvidas, através desse artigo. O MDP é ótimo e com certeza deve estar presentes nos móveis da sua casa!

Muito obrigado pela leitura do artigo e aguardamos você nas próximas vezes. Muito obrigado!

Índice